• Serviço Privado e Condidencial Os seus dados são mantidos em sigilo e são apenas utilizados pelos médicos. A entrega é feita em pacote discreto e não há detalhes do serviço na cobrança.
  • Apenas medicamentos originais As nossas farmácias estão no Reino Unido e só fornecem medicamentos originais mediante prescrição fornecida por um de nossos médicos.
  • Entrega em 24 horas Todos os pedidos feitos antes das 16h são processados dentro do mesmo dia, para que assim a entrega seja realizada no dia seguinte.

Login do Paciente

  • Serviço privado e confidencial Embalagem discreta e pagamento confidencial
  • Apenas medicamentos originais Medicamentos enviados da nossa farmácia registada no Reino Unido
  • Tudo incluído no preço Consulta médica, prescrição e entrega em 24h
  • Entrega em 24 horas

Viagra

Como funciona o Viagra?

O Viagra da Pfizer apresenta-se em comprimidos azuis em forma de losango e tem como princípio activo o sildenafil. que relaxa os músculos do seu corpo e aumenta o fluxo sanguíneo para o pénis. Desta forma, permite uma erecção forte e de longa duração desde que o homem seja sexualmente estimulado.

Apesar de os efeitos do Viagra no homem durarem até 4-5 horas, a erecção irá permanecer apenas por algum tempo, até que atinja o clímax. Após o clímax o pénis retoma à sua flacidez normal, sendo possível conseguir erecções novamente durante o intervalo de efeito do Viagra.

Efeitos do Viagra

Os efeitos do Viagra começam 30 minutos após a sua toma e duram cerca de 4-5 horas. sempre mediante estimulação sexual, permitindo erecções satisfatórias e de um modo natural durante este período de tempo.

O Viagra tem um efeito positivo no período refractário, isto é, no período de tempo necessário para que o homem obtenha uma nova erecção na sequência de uma primeira ejaculação.

Um estudo realizado em 2001, para avaliar os efeitos do Viagra quando utilizado por homens que sofrem de disfunção eréctil, demonstrou que o princípio activo do Viagra, o sildenafil, reduziu em mais de 50% dos casos o período refractário, para além de melhorar o desempenho sexual em termos de sensibilidade nos órgãos genitais e o tempo de erecção, nos casos analisados.

Doses do Viagra

A maioria dos pacientes pode tomar sildenafil, o princípio activo do Viagra, até uma vez por dia, sem qualquer contraindicação. Existem três doses diferentes disponíveis:

Recomenda-se começar pela dose intermédia para testar a adequação do paciente ao medicamento antes de passar para a dose mais elevada.

O seu médico pode assim recomendar que comece pela dose de 50mg e aumentá-la progressivamente no caso de não obter resultados satisfatórios ou reduzi-la no caso de experienciar efeitos secundários com este medicamento. Nalguns casos, pode estar recomendada como dose inicial a dose de 25mg, como por exemplo em pacientes com insuficiência hepática ou renal.

  • A dose de Viagra 25mg pode ser prescrita a homens que comecem a sentir os primeiros sintomas de disfunção eréctil, como uma dificuldade esporádica em manter uma erecção firme e duradoura.
  • A dose de Viagra 50mg é a mais prescrita das três doses de Viagra disponíveis, estando recomendada para homens entre os 40 e os 60 anos que têm dificuldade em manter uma erecção e em muitas ocasiões conseguir uma erecção para o início da relação sexual.
  • A dose de Viagra 100mg é a dose prescrita nos casos mais severos de disfunção eréctil, nos quais o homem está impossibilitado de obter ou manter uma erecção suficiente para a penetração sempre que tem relações sexuais.

Como tomar?

Deve tomar a dose de Viagra (25mg, 50mg ou 100mg) recomendada pelo seu médico, entre 30 a 60 minutos antes do início da relação sexual, uma vez que os efeitos do Viagra não são imediatos e demoram pelo menos 30 minutos após a toma do comprimido. Os efeitos do Viagra duram 4-5 horas, durante as quais pode recuperar a sua erecção mais facilmente, cada vez que recebe um estímulo sexual.

Tenha em atenção que deve esperar 24 horas antes de voltar a tomar outro comprimido de Viagra e que a toma de Viagra com alimentos pode atrasar os seus efeitos, nomeadamente no caso de alimentos muito gordurosos.

Antes de seguir o tratamento, consulte a bula do Viagra presente na caixa do medicamento ou descarregue o folheto informativo em português disponível nesta página.

Quem pode tomar Viagra?

O Viagra está indicado a pacientes diagnosticados com disfunção eréctil ou impotência e que por isso tenham dificuldades em conseguir ou manter uma erecção suficiente para penetração.

Contudo, existem contraindicações a este tratamento, como por exemplo alergia ou hipersensibilidade ao sildenafil, o princípio activo do Viagra, ou a qualquer outra das suas substâncias. Também não está aconselhado a homens com problemas cardíacos graves como a angina instável ou a insuficiência cardíaca grave. Os pacientes com perda de visão de um dos olhos por neuropatia óptica isquémica não arterítica, também não devem tomar Viagra.

Devido à falta de estudos sobre a segurança do medicamento nestes pacientes, o Viagra também não está aconselhado nos casos de insuficiência hepática grave, hipotensão arterial, com valores inferiores a 90/50mmHg, história recente de AVC ou enfarte do miocárdio (há menos de 6 meses) e retinite pigmentosa. Apesar de o Viagra poder ser recomendado a certos pacientes com hipertensão arterial, diabetes ou colesterol elevado, informe durante a consulta médica caso sofra destas ou de outras condições de saúde.

A administração de Viagra está contraindicada com alguns medicamentos, nomeadamente com nitratos, uma vez que o seu potencial hipotensor é aumentado.

Este e quaisquer outros tratamentos que o paciente esteja a tomar devem ser descritos na consulta médica, de forma a garantir a segurança do medicamento e a evitar efeitos secundários.

O Viagra é um tratamento exclusivo ao sexo masculino, pelo que não deve ser tomado por mulheres.

Preço do Viagra

O preço do Viagra original fabricado pela Pfizer varia de acordo com a dose e a quantidade de comprimidos prescrita pelo médico.

Alternativamente está disponível um tratamento a um preço mais económico, o genérico do Viagra, também conhecido pelo seu princípio activo Sildenafil, que permite aos homens obter os mesmos efeitos com uma opção menos dispensiosa e fabricada por outros laboratórios que não os da Pfizer.

Não haverão quaisquer encargos extra no decorrer do nosso processo de compra (tenha em conta que ao pagamento por contrarreembolso acresce uma taxa). Na tabela de preços do Viagra também se incluem a consulta médica online com um dos nossos médicos registados, a prescrição médica, o medicamento original e os gastos de envio para entregas na Europa, motivo pelo qual o preço do Viagra na farmácia pode ser diferente.

Quais são os efeitos secundários?

Os efeitos secundários mais comuns descritos pelos pacientes que tomam Viagra são dores de cabeça, náuseas e rubor. Em alguns casos, os doentes podem sofrer de visão turva e de um aumento da sensibilidade à luz. Não é aconselhável ingerir elevadas quantidades de álcool antes de tomar o medicamento, uma vez que pode anular os seus efeitos e potenciar reacções adversas.

Os efeitos adversos ou colaterais são moderados e temporários, porém, no caso de desenvolver efeitos mais graves ou de estes efeitos se prolongarem, deve procurar ajuda médica imediatamente.

Leia o folheto informativo do medicamento antes da sua toma e consulte todos os efeitos secundários do Viagra.

Viagra precisa de receita médica?

A venda de Viagra sem receita médica é ilegal. requerendo a prescrição deste medicamento uma avaliação médica prévia das condições de saúde do paciente. Segundo a Agência Europeia de Medicamentos, a venda do Viagra continuará a requerer a prescrição de uma receita médica, uma vez que a venda livre deste medicamento poderia levar ao seu uso descontrolado com finalidades recreativas, o que não é de todo a finalidade deste medicamento, que se destina ao tratamento da disfunção eréctil. Por este motivo, sempre que comprar Viagra na farmácia local, terá de ter consigo uma receita médica válida prescrita pelo seu médico.

No caso de o paciente não possuir uma receita médica de Viagra com menção ao seu nome genérico Sildenafil para aviar o medicamento, deverá submeter-se a uma consulta médica pessoalmente ou online para que um médico possa avaliar a adequação ao tratamento e realizar a sua prescrição caso este esteja indicado.

A prescrição da receita online está aprovada pela legislação britânica e europeia, pelo que a consulta online com os nossos médicos especialistas é totalmente viável para a avaliação do seu estado de saúde.

É possível comprar o Viagra na 121doc?

O Viagra só pode ser adquirido com uma prescrição médica, tanto em Portugal, quanto no Brasil. Isso significa que ele só está disponível para pacientes que passam por uma avaliação médica e recebem o consentimento do mesmo para compra do medicamento. Na clínica 121doc dispomos de uma equipa médica qualificada que avalia o historial de cada paciente de maneira individual, a fim de identificar se o mesmo pode ou não utilizar o medicamento que deseja comprar.

A condição médica Viagra pode ter várias causas. Esta é uma das principais razões pela qual a avaliação médica antes da administração de qualquer medicamento é essencial. Somente um médico qualificado pode analisar o seu historial detalhadamente para identificar se a medicação Viagra é apropriada para o seu caso.

Antes de concluir a compra do medicamento Viagra na 121doc, o paciente precisará responder um breve questionário com informações sobre o seu historial médico e estado atual de saúde, esse formulário será enviado para um dos nossos médicos, para que o mesmo possa detectar condições pré-existentes e possíveis riscos que o medicamento possa apresentar.

Após analise detalhada, o médico irá então decidir, normalmente dentro do mesmo dia, se o tratamento com Viagra é recomendado sem qualquer risco a saúde do paciente e se o mesmo oferecerá o efeito desejado.

Envio expresso

O tempo estimado de entrega para Portugal é de 24h úteis através da UPS ou de 3-5 dias úteis via CTT. O tempo exato será sempre informado via e-mail após conclusão da compra.

Realizamos entregas para qualquer endereço de sua escolha, em toda a Europa. Também realizamos entrega para o Brasil. A entrega é feita via Correios sendo o tempo estimado de entrega do medicamento de 7 a 10 dias úteis.

Dados do Medicamento

Nome: Viagra Princípio ativo: Sildenafil Fabricante: Pfizer Administração: Oral Apresentação: Comprimidos Dose: 25 mg. 50 mg. 100 mg Dispensa: Medicamento sujeito a receita médica Aplicação: Homens com mais de 18 com disfunção erétil Posologia: 1 comprimido, 30 a 60 minutos antes da relação sexual. Descrição: O Viagra relaxa os músculos e permite a entrada de mais sangue no pénis, levando a ereções suficientes para penetração durante 4-5 horas Classe: Inibidor da PDE-5 Com álcool: Pode aumentar os efeitos do álcool Durante a amamentação: Não relevante Durante a gravidez: Não relevante

  • Baixar

    • Serviço Privado e Condidencial Os seus dados são mantidos em sigilo e são apenas utilizados pelos médicos. A entrega é feita em pacote discreto e não há detalhes do serviço na cobrança.
    • Apenas medicamentos originais As nossas farmácias estão no Reino Unido e só fornecem medicamentos originais mediante prescrição fornecida por um de nossos médicos.
    • Entrega em 24 horas Todos os pedidos feitos antes das 16h são processados dentro do mesmo dia, para que assim a entrega seja realizada no dia seguinte.

    Seja bem-vindo ao nosso novo Website

    • Serviço privado e confidencial Os seus dados são mantidos em sigilo e só são utilizados pelos médicos. As entregas são feitas em pacotes discretos e não há detalhes na cobrança.
    • Apenas medicamentos originais As nossas farmácias estão no Reino Unido e apenas fornecem medicamentos originais. Os nossos médicos emitem a prescrição adequada para o seu caso.
    • Entrega em 24 horas Todos os pedidos realizados antes das 16h são processados no mesmo dia, para que assim sejam entregues aos pacientes no dia seguinte.

    Login do Paciente

    Viagra

    Quais os benefícios?

    O Viagra é um tratamento para a impotência cómodo que pode ser eficaz em apenas 30 minutos e cujos os efeitos duram até 4 horas. O Viagra da Pfizer é um dos medicamentos mais prescritos para a disfunção eréctil, tendo já ajudado mais homens a tratar os seus problemas de erecção que o Cialis e o Levitra em conjunto.

    Como funciona?

    O GMP cíclico é uma substância naturalmente produzida pelo corpo que aumenta o calibre dos vasos sanguíneos do pénis. Quando está sexualmente excitado, os vasos dilatam-se, permitindo que mais sangue chegue ao pénis, o que leva à erecção. O GMP cíclico é quebrado por uma enzima denominada fosfodiesterase tipo 5. Contudo, quando em abundância, esta enzima pode restringir a circulação sanguínea para o pénis, mantendo-o flácido mesmo quando está sexualmente excitado.

    O Viagra inibe esta acção, mantendo os vasos sanguíneos dilatados durante mais tempo e aumentando a circulação sanguínea no pénis. O resultado são erecções firmes que podem ser mantidas por mais tempo.

    Como tomar Viagra?

    O Viagra é um pequeno comprimido azul (ou pílula azul, como também é chamado) que pode ser tomado por via oral. O comprimido pode ser tomado com ou sem alimentos, apesar de os seus efeitos poderem diminuir no caso de ter ingerido alimentos com muita gordura ou refeições pesadas. O Viagra tem uma acção de aproximadamente 4-5 horas. Isto não quer dizer que terá uma erecção durante 4 ou 5 horas, mas sim que a qualquer altura durante este período, se se sentir excitado, conseguirá facilmente uma erecção para uma relação sexual satisfatória.

    O comprimido Viagra actua em 30 minutos e leva no máximo 1 hora a ficar activo no seu organismo, por isso, é necessário que planeie com alguma antecedência as suas relações, já que não pode tomar um comprimido de Viagra e esperar ter uma erecção imediatamente.

    Para atingir os melhores resultados e evitar efeitos secundários, mantenha a dose recomendada de apenas um comprimido por dia (por cada 24 horas). Se não tem a certeza da dose a tomar, consulte um profissional médico para que este possa avaliar a dose mais segura para si. Se notar alguns efeitos secundários e estes persistirem, sugerimos que contacte um médico. O Viagra pode ser perigoso se tomado em conjunto com certos medicamentos ou se tomado por homens que pertençam a um determinado grupo de risco. Conheça as precauções sobre tomar Viagra antes de iniciar o tratamento.

    Quem pode tomar?

    A maioria dos homens com mais de 18 anos que sofram de problemas recorrentes de disfunção eréctil podem recorrer ao Viagra para melhorar a sua vida sexual. Existem certas condições ou tratamentos com os quais não pode usar Viagra, pelo que é importante que os descreva com o maior detalhe possível durante a sua consulta médica.

    Quem não pode tomar?

    O Viagra pode não estar aconselhado a homens que sofram de desordens cardíacas graves ou falência cardíaca grave, que tenham sofrido de ataque cardíaco ou AVC recentemente, tensão arterial baixa e função hepática diminuída. O médico apenas lhe prescreverá o Viagra se tiver a certeza de que o pode tomar com segurança.

    Antes de tomar

    Existem várias precauções que deverão ser tomadas por si, antes de considerar a hipótese de adquirir Viagra para a impotência. Durante a sua consulta médica ser-lhe-ão realizadas algumas perguntas para garantir que o Viagra é o tratamento mais indicado.

    Também lhe será solicitado que nos divulgue outras informações relevantes, relacionadas com a sua saúde, como por exemplo, medicamentos que esteja a tomar e que possam interagir com o princípio activo do Viagra, o sildenafil.

    É muito importante garantir que está em condições de realizar a actividade sexual, pois alguns homens com doenças cardíacas estão desaconselhados a praticar relações sexuais de modo a limitar o risco de de ataque cardíaco. Os homens que pertencem a este grupo não devem, em nenhuma circunstância, tomar Viagra para ajudar a tratar a impotência ou disfunção eréctil. A lista seguinte foi criada para o informar acerca das contra-indicações do Viagra e dos riscos associados a este tratamento.

    • Idosos
    • Homens que sofrem de um funcionamento reduzido ou danos no fígado
    • Homens que sofrem de uma doença que afecte o coração ou os vasos capilares
    • Homens que sofrem de problemas de sangramento, como a hemofília
    • Homens com uma úlcera péptica activa
    • Homens que têm uma anormalidade física no pénis
    • Ataque de coração recente
    • AVC ou derrame cerebral recentes
    • Tensão arterial baixa (hipotensão)
    • Nitratos
    • Problemas do fígado
    • Problemas oftalmológicos graves
    • Alergia a qualquer um dos princípios activos do medicamento

    Devido aos riscos que podem estar envolvidos, é importante ser honesto e responder a todas as perguntas médicas antes da prescrição do Viagra. Se estiver a tomar outros medicamentos e não souber se estes podem interagir com o Viagra, poderá contactar a nossa equipa para mais informações. De igual forma, se pertencer a este grupo de risco e não souber qual a dose de Viagra mais correcta para si, leia mais sobre este medicamento ou consulte um médico.

    Que doses de Viagra existem?

    As doses de Viagra apresentam-se em três formas diferentes: 25mg, 50mg e 100mg. Antes de adquirir Viagra online ou na farmácia, é importante considerar a dose de Viagra que lhe está mais indicada. O Viagra para o tratamento da disfunção eréctil actua como um inibidor da PDE-5. O sildenafil, o seu princípio activo, assegura a inibição da enzima PDE-5, permitindo um maior fluxo de sangue para os vasos sanguíneos do pénis. Este facto permite ao homem atingir erecções facilmente e mantê-las durante a relação sexual durante mais tempo.

    25mg de Viagra

    A dose mais pequena de Viagra é a de 25mg, muitas vezes receitada se:

    • Sofrer de efeitos secundários
    • Estiver a tomar bloqueadores alfa

    Alguns benefícios de tomar 25mg de Viagra:

    • Diminui o risco de efeitos secundários
    • Taxa de eficácia de 63% nos homens que sofrem de disfunção eréctil
    • A dose pode ser aumentada, caso seja necessário

    50mg de Viagra

    A dose de 50mg de Viagra é normalmente recomendada se:

    • Estiver a iniciar o tratamento para a impotência pela primeira vez
    • Não tiver condições médicas pré-existentes
    • Não tomar outros medicamentos

    Alguns benefícios de tomar 50mg de Viagra:

    • A dose pode ser aumentada ou reduzida, consoante o efeito que tem em si
    • É eficaz no tratamento da impotência em 74% dos homens

    100mg de Viagra

    A dose de 100mg de Viagra é a dose mais forte e é normalmente receitada se:

    • Sofrer de impotência durante muito tempo
    • Não sofrer de efeitos secundários

    Alguns benefícios de tomar 100mg de Viagra:

    • Usado para tratar as situações mais graves de impotência
    • É 82% eficaz no tratamento desta condição

    Quais as precauções do Viagra?

    Como com quase todos os medicamentos, existem algumas precauções do Viagra que deverá ter em conta antes de o tomar. Por este motivo, a consulta com o seu médico é muito importante, pois este irá avaliar a sua situação, a sua condição médica e quaisquer medicamentos que esteja a tomar para decidir se o Viagra é o tratamento ideal para si.

    Quando for questionado sobre a sua saúde e bem-estar, é muito importante que responda de forma honesta e correcta. Se omitir qualquer informação, poderá sofrer consequências a longo prazo. Algumas pessoas poderão sofrer reacções adversas com o Viagra e, em algumas circunstâncias, este poderá estar mesmo desaconselhado. O quadro abaixo resume algumas das interacções que podem ocorrer.

    Viagra e Outros Medicamentos

    Quer esteja a tomar medicamentos naturais, medicamentos sujeitos a receita médica ou outros, todos estes poderão ter um impacto nos efeitos do Viagra. Também podem fazer com que sinta mais efeitos secundários, ou em alguns casos extremos, colocar a sua vida em risco. Por vezes a combinação com outros medicamentos pode ser muito potente, mas a maior parte dos riscos do Viagra pode ser evitada alterando a dose ou o medicamento.

    Assegure-se que descreve detalhadamente todos os medicamentos e suplementos que estiver a tomar durante a sua consulta.

    Medicamentos que podem ser tomados com o Viagra

    • Bloqueadores Alfa: Os bloqueadores alfa são usados para baixar a tensão arterial alta. Se controlada, o Viagra pode ser tomado de forma segura com bloqueadores alfa como a Alfuzosina e a Indoramina. Se estiver a tomar bloqueadores alfa, o seu médico irá receitar-lhe inicialmente uma dose mais baixa e acompanhar a sua reacção antes de aumentar a dose.

    Medicamentos que não podem ser tomados com o Viagra

    • Nitratos: Os Nitratos são usados para facilitar a circulação sanguínea no corpo e não podem ser tomados juntamente com o Viagra, podendo resultar numa queda brusca da tensão arterial, causando tonturas, desmaios e por vezes até um ataque de coração. Exemplos de medicamentos com nitratos são o glicerol trinitrato, o mononitrato de isosorbida e o nicorandil.
    • Amil nitrato: reconhecido maioritariamente como “popper”, o amil nitrato também baixa a tensão arterial drasticamente se for tomado com o Viagra. Se estiver a usar “poppers”, não tome Viagra.

    Outros tratamentos para a impotência

    Se estiver a tomar outros medicamentos para o tratamento da disfunção eréctil, como o Levitra ou o Cialis, não poderá tomar Viagra ao mesmo tempo. A combinação deste tipo de medicamentos pode levar a uma quantidade excessiva de sildenafil no sangue, fazendo com que a pressão sanguínea fique abaixo dos mínimos possíveis.

    Comida e bebida

    Embora o Viagra possa ser tomado com ou sem comida, refeições pesadas e gordurosas podem fazer com que a medicação demore mais tempo a fazer efeito. Comer toranja ou beber sumo de toranja pode aumentar os níveis de Viagra no sangue, pelo que este está desaconselhado. Em relação à combinação de Viagra com álcool, este medicamento será mais eficaz se não for misturado com álcool.

    Quais são os efeitos secundários?

    O Viagra, apesar de ser um medicamento sujeito a receita médica, foi clinicamente testado, pelo que é geralmente bem tolerado se usado correctamente. Tal como outros medicamentos de prescrição, alguns homens podem estar mais propensos a desenvolver efeitos secundários, principalmente na primeira vez que usam um tratamento deste tipo. A imagem seguinte permite conhecer os efeitos secundários do Viagra relativos a diferentes partes do corpo.

    Dores de cabeça e tonturas são alguns dos efeitos secundários mais comuns do Viagra. Os efeitos são normalmente suaves e temporários. A fadiga é menos comum mas também poderá ocorrer. O desmaio é um efeito extremamente raro.

    O rubor facial e ligeiras perturbações visuais são efeitos secundários muito comuns. A boca seca é um efeito menos comum e as hemorragias nasais é um efeito bastante raro.

    Os efeitos secundários relacionados com o coração são raros, mas existe a pequena hipótese de poder sentir palpitações ou alguma dor na região do peito. Alterações na tensão arterial, ataque cardíaco ou acidente vascular cerebral são efeitos extremamente raros. Se sentir algum destes efeitos deverá contactar um médico imediatamente.

    A indigestão é ​​um efeito secundário comum do Viagra. As náuseas são menos comuns, mas podem ocorrer por um curto período de tempo.

    Efeitos secundários do Viagra

    Clique na zona do corpo pertinente para saber como esta pode ser afectada pelo Viagra

    Estes efeitos do Viagra são em geral ligeiros e tendem a desaparecer assim que o seu corpo se habitua ao medicamento. Porém, existem efeitos mais raros associados à toma deste medicamento que deve conhecer. Apesar de estes estarem descritos, o mesmo não significa que irão ocorrer.

    Efeitos secundários comuns

    Os efeitos secundários mais comuns do Viagra não são graves e normalmente desaparecem à medida que este deixa de fazer efeito no organismo. Se sofrer de dores de cabeça, rubor facial ou outro efeito do Viagra incluído nesta categoria, não se preocupe, pois o mais provável é que este tipo de efeitos desapareça em pouco tempo. Se os efeitos secundários persistirem, não hesite em contactar um médico.

    Efeitos secundários pouco comuns

    Cerca de 1 em cada 100 homens relata efeitos secundários pouco comuns com o Viagra, tal como boca seca e fadiga, entre outros. Tal como os efeitos secundários comuns, se estes persistirem por mais tempo do que o Viagra permanece activo no seu corpo, deve contactar um médico para aconselhamento.

    Efeitos secundários raros

    Efeitos secundários como a alteração da pressão arterial e o desmaio ocorrem muito raramente, não afectando a maioria dos homens que tomam Viagra. Estes efeitos secundários, embora raros, são mais graves e necessitam normalmente de assistência médica imediata.

    O Priapismo é um efeito secundário do Viagra que raramente ocorre e quando acontece, é normalmente tratado com sucesso. Consiste numa erecção por um longo período de tempo, normalmente por mais de quatro horas. Se ocorrer, pode danificar os tecidos do seu pénis e causar problemas a longo prazo. Por este motivo, é muito importante contactar um médico assim que possível.

    Comprar Viagra Online – Perguntas e resposta

    Como consigo comprar o medicamento de prescrição Viagra na euroClinix?

    Viagra para o tratamento da disfunção eréctil é um medicamento de prescrição e só pode ser encomendado online com a receita médica. Se você quiser comprar Viagra, os nossos médicos podem emitir uma receita online. Para que isso aconteça, deve preencher um questionário médico, que será então avaliado pela nossa equipe médica. Cada pedido, portanto, é precedido por um diagnóstico que considera o seu estado de saúde e determina a sua adequação ao medicamento Viagra.

    É seguro encomendar Viagra online na euroClinix?

    Antes de concluir a compra do Viagra na euroClinix, um dos nossos médicos avalia o seu questionário médico. Isto permite-lhe ter a certeza absoluta de que todas as verificações necessárias foram concluídas antes da prescrição. Todos os nossos médicos são certificados pela Autoridade British Medical (GMC, General Medical Council). Além disso, nós garantimos o envio do medicamento de marca original da Pfizer.

    Posso comprar Viagra sem receita médica?

    Não, não é possível comprar Viagra sem receita médica. Viagra é um medicamento que pode accionar ambos os efeitos secundários e interacções com outros medicamentos. Se quiser comprar o Viagra, um médico tem que verificar o seu estado de saúde. Farmácias on-line que oferecem Viagra on-line sem uma prescrição válida não agem de acordo com a legislação.

    Como é definido o preço do Viagra na euroClinix?

    O preço do medicamento Viagra inclui todo o nosso serviço. Incluí o custo da consulta e prescrição/receita médica e o frete de envio e embalagem do medicamento. Desta forma economizará tempo e não precisa passar pelo desconforto de uma consulta presencial ou visitar uma farmácia local.

    Como é enviada a medicação?

    Após consentimento médico para a toma do Viagra, a prescrição e o medicamento serão enviados para um endereço à sua escolha. Enviamos o tratamento numa embalagem completamente discreta para proteger a sua privacidade.

    Quais os métodos de pagamento disponíveis?

    Pode encomendar Viagra online na euroClinix por cartão de crédito/débito ( Tem de estar liberado para uso internacional), Multibanco, boleto bancário, contra-reembolso ou transferência bancária. Aceitamos Visa e MasterCard Internacional.

    Posso cancelar o pedido de Viagra?

    Quando você realiza a compra de medicamentos ou utiliza um serviço que envolve a prescrição de medicamentos, é necessário uma avaliação da sua aptidão clínica para os medicamentos antes que os mesmos possam ser consequentemente enviados. Você autoriza- nos a iniciar este serviço e uma avaliação da sua aptidão clínica para medicamentos quando inicia uma compra no nosso site, como tal, não terá nenhum direito legal de cancelar a sua encomenda sob os Contratos de Consumidor (informação, cancelamento e despesas adicionais) Regulações 2013.

    Se você recebeu uma entrega incorreta ou embalagens danificadas, pode solicitar um reembolso. Se devolver as mercadorias danificadas, incluindo a embalagem original para a nossa farmácia, podemos fazer uma nova entrega.

    OS meus dados estão seguros ao comprar Viagra online?

    Quando você compra Viagra na euroClinix, todos os seus dados estarão totalmente protegidos. Dados pessoais, informações gerais, dados do cartão de crédito e informações médicas, são protegidos por SSL. Nós não compartilhamos quaisquer dados com terceiros sem o seu consentimento expresso.

    Informação nesta página

    Dados do Medicamento

    Dados do Medicamento Nome: Viagra Princípio ativo: Sildenafil Fabricante: Pfizer Descrição: O Viagra relaxa os músculos e permite a entrada de mais sangue no pénis, levando a ereções suficientes para penetração durante 4-5 horas Dispensa: Medicamento sujeito a receita médica Administração: Oral Apresentação: Comprimidos Dose: 25 mg. 50 mg. 100 mg Aplicação: Homens com mais de 18 com disfunção erétil Posologia: 1 comprimido, 30 a 60 minutos antes da relação sexual. Classe: Inibidor da PDE-5 Com álcool: Pode aumentar os efeitos do álcool Durante a amamentação: Não relevante Durante a gravidez: Não relevante

  • Passo 1 – Escolha o medicamento

    Passo 2 – Preencha o formulário médico

    Passo 3 – O médico analisa os seus detalhes e emite a sua prescrição

    Passo 4 – O seu medicamento será enviado no mesmo dia ou no dia seguinte

    El envío a domicilio de VIAGRA está disponible solo para residentes de los EE. UU. y Puerto Rico.

    Información de Seguridad Importante e Indicación

    Haga clic para expandir

    INFORMACIÓN IMPORTANTE DE SEGURIDAD

    No tome VIAGRA (citrato de sildenafil) si usted:

    • toma cualquier medicamento llamado nitrato, a menudo recetados para el dolor de pecho, o estimuladores de la guanilato ciclasa como Adempas (riociguat) para la hipertensión pulmonar. Su presión arterial podría disminuir a un nivel peligroso.
    • es alérgico al sildenafil, contenido en VIAGRA y REVATIO, o a alguno de los ingredientes de VIAGRA.

    Consulte el estado de su salud con su médico para asegurarse de que está suficientemente saludable para tener relaciones sexuales. Si experimenta dolor de pecho, mareos o náuseas durante la actividad sexual, busque ayuda médica inmediata.

    VIAGRA puede causar efectos secundarios graves. Los efectos secundarios que rara vez se informan incluyen:

    • Una erección prolongada (priapismo). Si tiene una erección que dura más de 4 horas, busque ayuda médica de inmediato. Si no se trata de inmediato, el priapismo puede producir un daño permanente al pene.
    • Pérdida repentina de la visión en uno o ambos ojos. La pérdida repentina de la visión en uno o ambos ojos puede ser señal de un problema ocular grave llamado neuropatía óptica isquémica anterior no arterítica (NONA). Si experimenta cualquier pérdida repentina de la visión, deje de tomar VIAGRA y llame a su proveedor de atención médica de inmediato.
    • Disminución o pérdida repentinas de la audición. Algunas personas también pueden experimentar un zumbido en los oídos (acúfeno) o mareos. Si tiene estos síntomas, deje de tomar VIAGRA y llame a un médico de inmediato.

    Antes de tomar VIAGRA, dígale a su proveedor de atención médica si usted:

    • tiene o ha tenido problemas cardíacos como un ataque cardíaco, arritmia, angina, dolor en el pecho, estrechamiento de la válvula aórtica o insuficiencia cardíaca;
    • ha tenido una cirugía del corazón en los últimos 6 meses;
    • tiene hipertensión pulmonar;
    • ha tenido un accidente cerebrovascular;
    • tiene presión arterial baja o alta que no está controlada;
    • tiene un pene deformado;
    • ha tenido una erección que duró más de 4 horas;
    • tiene problemas sanguíneos, como la anemia drepanocítica, mieloma múltiple o leucemia;
    • tiene retinosis pigmentaria, una enfermedad ocular genética (se da en las familias) poco común;
    • alguna vez ha tenido pérdida de la visión grave, incluido un problema ocular llamado neuropatía óptica isquémica anterior no arterítica (NONA);
    • tiene problemas de sangrado;
    • tiene o ha tenido úlceras estomacales;
    • tiene problemas hepáticos;
    • tiene problemas renales o se realiza diálisis renal;
    • tiene cualquier otra afección médica.

    Dígale a su proveedor de atención médica sobre todos los medicamentos que toma, incluidos los medicamentos recetados y sin receta, vitaminas y suplementos herbales.

    VIAGRA puede afectar la manera en que otros medicamentos actúan, y otros medicamentos pueden afectar la manera en que VIAGRA actúa, lo que produce efectos secundarios. Especialmente, dígale a su proveedor de cuidado médico si usted toma cualquiera de los siguientes:

    • medicamentos llamados nitratos;
    • medicamentos llamados estimuladores de la guanilato ciclasa, como Adempas (riociguat);
    • medicamentos llamados alfa bloqueantes, como Hytrin (hidrocloruro de terazosina), Flomax (hidrocloruro de tamsulosina), Cardura (mesilato de doxazosina), Minipress (hidrocloruro de prazosina), Uroxatral (hidrocloruro de alfuzosina), Jalyn (hidrocloruro de dutasterida y tamsulosina) o Rapaflo (silodosina). Los alfa bloqueantes son recetados en ocasiones para problemas de la próstata o la presión arterial alta. En ciertos pacientes, el uso de VIAGRA con alfa bloqueantes puede derivar en una caída de la presión arterial o en desmayos;
    • medicamentos llamados inhibidores de la proteasa del VIH, como ritonavir (Norvir), sulfato de indinavir (Crixivan), saquinavir (Fortovase o Invirase) o sulfato de atazanavir (Reyataz);
    • ciertos tipos de medicamentos antimicóticos orales, como ketoconazol (Nizoral) e itraconazol (Sporanox);
    • ciertos tipos de antibióticos, como claritromicina (Biaxin), telitromicina (Ketek) o eritromicina;
    • otros medicamentos para tratar la presión arterial alta;
    • otros tratamientos o medicamentos para la disfunción eréctil;
    • VIAGRA contiene sildenafil, el mismo medicamento que se encuentra en otro fármaco llamado REVATIO. REVATIO se usa para tratar una rara enfermedad llamada hipertensión arterial pulmonar (HTAP). VIAGRA no debe usarse con REVATIO ni con otros tratamientos para la HTAP que contengan sildenafil o cualquier otro inhibidor de la PDE5 (como Adcirca [tadalafil]).

    VIAGRA no protege contra las enfermedades de transmisión sexual, incluido el VIH.

    Los efectos secundarios más comunes de VIAGRA: dolor de cabeza, rubor facial, malestar estomacal, visión anormal, como cambios en la visión del color (ver con una tonalidad azul) y visión borrosa, congestión y secreción nasal, dolor de espalda, dolor muscular, náuseas, mareos y erupción.

    VIAGRA (citrato de sildenafil) es un medicamento con receta que se utiliza para tratar la disfunción eréctil.

    VIAGRA no está indicado para mujeres ni niños.

    Los pacientes siempre deben pedirles a los médicos asesoramiento sobre los acontecimientos negativos.

    Para informar un acontecimiento negativo relacionado con los productos de Pfizer, llame al 1-800-438-1985 (solo EE. UU.). Si prefiere, puede comunicarse directamente con la Administración de Alimentos y Medicamentos (FDA) de los EE. UU. La FDA ha establecido un servicio de presentación de informes conocido como MedWatch en el que los profesionales de la salud y los consumidores pueden informar problemas graves que sospechen que puedan estar relacionados con los fármacos y los dispositivos médicos que recetan, administran o utilizan. Visite MedWatch o llame al 1-800-FDA-1088.

    Para obtener más información, llame al 1-888-4-VIAGRA (1-888-484-2472), de lunes a viernes, de 9:00 a. m. a 7:00 p. m. hora del este.

    **Ahorre hasta USD 150 por receta.

    Hay un mínimo de 6 píldoras por receta.

    El descuento total máximo para esta oferta es de USD 450 por año.

    Esta oferta no es un seguro médico.

    Esta oferta está disponible solo en farmacias participantes.

    © 2001- 2015 Pfizer Inc. Todos los derechos reservados.

    La forma del comprimido en diamante azul es una marca comercial registrada de Pfizer Inc.

    VIAGRA (citrato de sildenafil), REVATIO (sildenafil), Cardura (mesilato de doxazosina) y Minipress (clorhidrato de prazosina) son marcas registradas de Pfizer Inc. Otras marcas citadas son marcas comerciales registradas de sus respectivos dueños y no están afiliadas con Pfizer Inc. ni avaladas por esta.

    La información de salud contenida aquí se proporciona solo para fines educativos y no está destinada a reemplazar lo que podría discutirse con un médico. Todas las decisiones relacionadas con la atención al paciente deben realizarse con un médico, teniendo en cuenta las características particulares del paciente.

    La información del producto proporcionada en este sitio está dirigida a residentes de los Estados Unidos. Los productos mencionados aquí pueden tener etiquetados diferentes en otros países.

    Diciembre de 2015 | PP-VIA-USA-0265-01

    Para ver este sitio web. apague el dispositivo móvil a su posición vertical / vertical.